8 filmes que contam histórias em quadrinhos sem super-heróis

Publicado em 21 de novembro de 2015 | Por Ayrton de Oliveira | Artes, Cinema, Notícias

As histórias em quadrinhos deixam a vida dos nerds muito mais alegre desde vários anos atrás. Hoje o que não falta são filmes sobre heróis no cinema, os quadrinhos estão sendo mais vendidos, tem muito mais gente procurando e, para a felicidade dos nerds, ficou mais fácil encontrar alguns títulos que haviam sumido algum tempo atrás. A disputa DC e Marvel continua nas telonas, porém se você não é muito fã dessa nova leva de filmes, fique calmo. Separei algumas adaptações de histórias em quadrinho que não possuem heróis.

Fiz um post parecido com esse, mas falando dos games, você pode conferir aqui

1 – Adaptações de Frank Miller

Frank Miller é um Deus que vive nessa terra, vem para o Brasil nesse ano, e tem algumas obras adaptadas para o cinema.

Começando com Sin City, dirigido por Robert Rodrigues. O diretor fez um pequeno curta mostrando para Frank Miller como gostaria de fazer o filme e Frank não só gostou, como também ajudou no visual do filme que deu um lindo resultado nos cinemas em 2005. Quentin Tarantino foi escalado como diretor convidado, além disso, temos um elenco de gigantes que conta com Bruce Willis, Jessica Alba, Mickey Rourke, Elijah Wood, Benicio del Toro, Clive Owen e Frank Miller.

mapingua1

Também temos 300, dirigido pelo visionário Zack Snyder. O filme foi inspirado na HQ de Frank Miller que se inspirou em um filme que assistiu quando criança. Como se não bastasse, ano que vem estreia Batman vs Superman, também dirigido por Snyder, que é baseado em uma obra escrita adivinhe por quem…

mapingua1,2


2 – Azul é a cor mais quente

O filme dirigido por Abdellatif Kechiche é uma adaptação da graphic novel escrita por Julie Maroh. Mostra todo o preconceito sofrido por uma menina que descobriu estar apaixonada por outra menina. As duas obras foram indicadas a várias premiações e ganharam algumas.

mapingua2


3 – Constantine

Retirado das páginas de Hellblazer, Constantine ganhou filme e também uma série de televisão. O filme lançado em 2005 e trouxe um John Constantine com um visual bastante diferente das HQs, com Keanu Reeves como protagonista. Apesar de tudo, gosto bastante do filme. Lembro que quando comprei (ainda criança) e a vendedora me deu spoiler do final… vida difícil.

mapingua3

Uma década mais tarde estreava a série Constantine que, infelizmente, foi cancelada. Por enquanto ainda é uma incógnita já que o John Constantine da série voltou a fazer uma participação especial na série Arrow.


4 – Obras de Alan Moore

Não lembro no que eu estava pensando quando resolvi ignorar Hellblazer como uma obra de Alan Moore. Inicialmente Constantine saiu das páginas de Monstro do Pântano (também tem filme, desculpa, eu esqueci de colocar na lista) e logo ganhou sua própria HQ. 

Qualquer autor fica feliz em ver suas obras adaptadas para o cinema, Alan Moore não. Teve sua obra Watchmen adaptada para o cinema (novamente Snyder no meio) e também teve A Liga Extraordinária adaptada (essa eu entendo ele não querer seu nome nos créditos).

mapingua5

Começando com V de Vingança, o filme não é muito fiel. Em partes ele perde um pouco da história escrita por Alan Moore, por ser a história contada de outra forma, mas eu acabei gostando do resultado.

mapingua6

Do Inferno também ganhou adaptação, você pode saber um pouco mais da obra no Mapingua Indica.


5 – Scott Pilgrim vs The World

Novamente em uma lista de adaptações, Scott Pilgrim foi dirigido pelo genial Edgar Wright, que também estava na direção de Homem Formiga, mas saiu por não poder usar toda sua criatividade do filme, e eu acho que ele fez muito bem. Sabe aquelas piadas de Homem Formiga? São todas a cara de Edgar Wright, porém ele dirige com um pouco mais de ação. Scott Pilgrim é a prova que esse diretor não deixa a desejar. P filme é baseado nas 6 HQs escritas por Bryan Lee O’Malley.

mapingua4

O filme é cheio de easter eggs, inclusive as cores do cabelo de Ramona fazem referência a uma trilogia feita por Edgar Wright. Não poupo elogios a esse diretor.


6 – Estrada para perdição

Dirigido por Sam Mendes, o cara que fez Beleza Americana, um dos meus filmes prediletos. Começando que o filme seria dirigido por Steven Spilberg, não se pode esperar que seja ruim, e de fato, ele não é. Possui alterações, sim, mas consegue transmitir o esperado para as telonas.

mapingua7


7 – Kingsman

O filme pegou muita gente de surpresa. Não é um dos clichês de agentes secretos e o filme é sensacional. Inspirado nas HQs, o filme vai ganhar continuação que já está em produção, além disso, alguns chegam a dizer que o filme é ainda melhor que a obra que lhe deu origem.

mapingua8


8 – Turma da Mônica

Sim, Turma da Mônica! Seus curtas eram fantásticos e ganhou o Cine Gibi (com várias continuações depois). A Turma da Mônica sempre terá um gosto de nostalgia em nossos corações.

mapingua12

E você já leu as graphic novel MSP? São releituras dos personagens de Mauricio de Sousa, e eu fico aqui a sonhar com animações feitas com esses traços tão diferenciados de cada edição. Indico muito a leitura.

mapingua13


Menções Honrosas

Além dos filmes, agora as HQs estão sendo adaptadas em formato de série de televisão, aqui estão algumas.

1 – iZombie

A série ganhou uma segunda temporada confirmada, ainda sem data de estreia. As HQs estão sendo lançadas no Brasil em formato de encadernados e estão no terceiro volume.

mapingua9


2 – Lucifer

Também vai ganhar série de televisão também, mas é uma pena que parece que vai cair no mesmo formato de sempre para ganhar audiência do grande público.

mapingua10


3 – Preacher

A série vai ser produzida pela AMC (que tem muito crédito na casa) e ainda não tem trailer, mas sabemos que será uma das melhores, se não a melhor, adaptação.

mapingua11


Sobre o Autor

"Ele é um deus, ele é um homem, ele é um fantasma, ele é um guru." Apaixonado por filmes, costumo ser o Batman nas horas vagas e San Junipero até às 00:00. Sou fascinado por Doctor Who, e queria ter uma caixa azul maior por dentro. Fora isso, já falei que amo filmes?

Comentários