Saiba como participar do filme amazonense “O Tempo Passa”

Publicado em 25 de janeiro de 2016 | Por Juçara Menezes | Cinema, Notícias

Sim, a crise está aí, mas nem por isso podemos nos isentar de colaborar com a cultura, especialmente se ela envolve produção caboca. E é bem aí que você entra.

A Artrupe Produções Artísticas está com um financiamento coletivo, no Catarse, para finalizar a sua nova obra O Tempo Passa e tem vários valores para você e seu bolso escolherem como podem ajudar: a partir de 10 reais, seu nome aparece nos créditos do filme.

De acordo com o grupo, a opção por finalizar a obra por meio de financiamento coletivo foi para que todas as pessoas que acreditam neste projeto tanto quanto eles tenham a oportunidade de participar dele.

O Tempo Passa é um curta-metragem escrito e dirigido por Diego Bauer e narra a trajetória de Jhone (Ítalo Rui), um garoto de 15 anos que mora com a mãe em um bairro da periferia de Manaus. Quando Ismael (Leonel Worton) começa um relacionamento com sua mãe e se torna uma figura presente na sua casa, a realidade de Jhone é alterada. O convívio com Ismael trará consequências que o acompanharão pelo resto de sua vida.

Por que isso é realmente importante?

Esse projeto, que foi premiado em 2014 no Edital do Audiovisual da ManausCult/Prefeitura de Manaus, visa fazer uma crônica da vida na periferia de Manaus e discutir como o estupro e o abuso sexual podem modificar drasticamente as vidas dos envolvidos nestes crimes.

O_TEMPO_PASSA_mapinguanerd

O curta-metragem trabalha com uma situação ficcional de estupro e abuso sexual, supondo possíveis consequências para os envolvidos. Dessa forma, cria-se uma reflexão acerca do tema, que vem tendo uma crescente discussão.

O abuso sexual infantil é definido como a exposição de uma criança a estímulos sexuais impróprios para a sua idade, onde o adulto ou adolescente mais velho submete a vítima, com ou sem o seu consentimento, a satisfazer ou estimular seus desejos sexuais, impondo pela força física, ameaça, sedução com palavras ou ofertas de presente.

Colabore com a finalização do filme O Tempo Passa

De acordo com o Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais, o abuso sexual pode se caracterizar como um comportamento desviante denominado parafília, que são caracterizadas por impulsos sexuais intensos e recorrentes, modulados por fantasias e manifestações de comportamentos não convencionais. O abuso sexual infantil acarreta sérios problemas para vítima, podendo ser de cunho psicológico, físico e social.

Sobre o Autor

da Casa Menezes, a primeira de seu nome, Protetora do Norte e dos Nerds Oprimidos. Jornalista, mãe, esposa. Desde criança tem uma paixão nada secreta pelo Cebolinha. É vice-presidente do Conselho Jedi Amazonas. Líder Suprema (presidente) do fã-clube Lado Rio Negro. Com um amor incondicional de Darth Vader, sempre carrega um par de meias sujas na mochila para libertar elfos domésticos.

Comentários