Taverna do Mapinguari 19 – Coisas que amamos e odiamos em Manaus

Publicado em 25 de maio de 2016 | Por Thiago Henrik | Manaus, Podcast, Taverna do Mapinguari

Bem-vindo à Taverna do Mapinguari, onde não há ar-condicionado, os preços são absurdos e o serviço é péssimo, mas em compensação tem um Tacacá de primeira e uma vista maravilhosa para o Rio Negro.

Puxe uma cadeira e junte-se a Emerson (O Sheik)Fernanda BrandãoThiago HenrikJuçara Menezes Mário Nakamura para um papo sobre tudo o que nos faz querer ir embora de Manaus e também o que nos convence a ficar aqui! Descubra a Teoria da Leseira Baré (responsável, inclusive, pelo atraso desse cast), entenda a logística por trás de um frete de R$40 da Saraiva e relembre alguns momentos gloriosos da nossa história! Se conseguir fazer o download do episódio com essa internet de bosta que a gente tem aqui…


 + Fale com a gente: taverna@mapinguanerd.com.br

+ Arte da vitrine: César Edgar

+ Edição completa: Emerson Oliveira


 


Sobre o Autor

veste Capa-e-Espada despojado, seus ̶h̶o̶b̶b̶i̶t̶s̶ hobbies favoritos são: filmes massa-velho, histórias de fantasia e séries sobre paradas estranhas. Já alcançou o 7º sentido, destruiu o Um Anel na Montanha da Perdição, chegou ao último andar da Torre Negra, retirou a espada da pedra e perdeu muitos pontos para a Grifinória. Gosta mais de cachorro que de gente, Não abre mão do segundo café da manhã e costuma esquecer que o mundo não está em seus livros e mapas. Instagram: @thiabolico

Comentários

  • Ayrton De Oliveira

    Vou revelar aqui pra vocês: Nunca tomei tacacá.

    • Ayrton… faça um favor a si mesmo… prove! 😀

    • Conan

      Pow mas em Manaus não achei um tacacá bom ainda =(

      • Tem um excelente tacacá próximo ao Parque Jefferson Peres, na esquina da Av. 7 de Setembro com a Rua Jonathas Pedrosa. O preço é honesto.

    • precisa não, é horrível haaha a única coisa que eu gosto de ~regional~ é tapioca e cupuaçu, do resto passo longe #frescadonorte.

  • Tharcizo Libório

    Jogava online lá por 2005, mas me xingavam “pc da xuxa!”, “gira a manivela” kk.

  • Fernanda Lima

    O calor dessa cidade é uma coisa fora do normal. Já perdi nota por deixar de ir ao largo fazer trabalho da faculdade, não tem condições. É i n s u p o r t á v e l. Só falto desfalecer.

    Sobre as comidas daqui: a maioria são maravilhosas, não se compara com outras cidades que eu já fui. Ah, uma coisa que todo amazonense gosta e eu sou extremamente julgada por não gostar: o famigerado BARÉ. Cara, é horrível. Não sei como vocês conseguem. Urgh

    • Nilo Edson

      Concordo com o calor insuportável. Mas o Baré é imprescindível! Coisa horrível é o tal Refrigerante Jesus. Como alguém aprovou a horrível ideia de fazer um refrigerante de Tutti-Fruti??!

    • Ayrton De Oliveira

      Baré = amor

  • Conan

    Só queria dizer que tucumã não é comida (pelo menos não é comida para seres humanos).

    • Fernanda Brandão

      Concordo, inclusive.

    • Juliane Ribeiro ✠ ‏

      Menino que pecado :'(

  • Andrei Fix

    Me representou kkkkkkk.

  • Mapinguaribas,

    Muito bom o programa.

    Da lista culinária de vocês, eu definitivamente não aconselho o Bodó. Mas o restante… hmmmm.

    Em relação a Internet… “podre”, já foi o tempo. É ruim sim, mas houve um tempo em que seria impossível o streaming de vídeos e hoje eu consigo assistir Netflix e YouTube. Concordo que o valor é exorbitante em relação ao restante do Brasil.

    Em relação as compras… se for literatura, comprem na Amazon. É o melhor (menor) preço e oferece o frete mais rápido que eu tenho experiência: 5 a 7 dias para qualquer encomenda. Um exemplo: o envio dos livros escolares do meu filho demorou um pouco mais, 7 dias. Todas as minhas encomendas chegaram em 5 dias. Na Saraiva, compro pelo site (o que não é comum por causa da Amazon) e peço para entregar na loja com frete gratuito. Pelo Mercado Livre, se for possível, uso carta registrada. O prazo varia de 5 a 10 dias. PAC é o pior serviço de entrega com período de 20 a 45 dias.

    Em relação ao calor… Manaus é quente, quente demais. O Beto do MRG foi muito “babaca” (adjetivo do qual ele é conhecido) de dizer que o Rio é mais quente. Não, não é! Manaus é quente o ano inteiro. O clima do sul e sudeste é variável por causa das estações. Rio de Janeiro é um desse lugares. Só é quente no verão.

    Frutas e verduras… são caras. Infelizmente.

    Em relação aos shoppings… Nossos shoppings são bonitos. São poucos, mas são excelentes.

    Infelizmente, não temos muitas opções atrativas em nossa cidade. E as que existem são explorativas.

    Em relação ao trânsito… Nossa engenharia de tráfico está em fase de aprendizado. É a explicação que uso para tentar aceitar a situação do trânsito atual. Nossa cidade cresceu muito rápido nos últimos anos. Tentem fazer uma reflexão da cidade nos seguintes períodos: 2000 ~ 2005, 2006 ~ 2010 e 2011 até os dias atuais. Crescimento demográfico, novas empresas, crescimento absurdo de veículos, o governo federal aumentou o incentivo fiscal para a região norte. A economia cresceu. Resumindo, desenvolvimento (positivamente) acelerado.

    Em relação aos preços… A população (brasileira) sofre com o mal da ostentação. O problema é exatamente o apontado por vocês: é caro, mas todos pagam. Ao invés de simplesmente não pagar e procurar o que é mais barato, o indivíduo paga mais caro porque é intrínseco a ideia de que para se ter qualidade é necessário sempre se pagar mais caro. Eu sei que isso não é verdade.

    Em relação ao atendimento… Eu sempre procuro ser extrovertido ao ser atendido porque entendo que trabalhar com o público em Manaus é algo muito frustrante. Eu já trabalhei com atendimento e há situações constrangedoras e inconvenientes em ambas as partes. Quando sou mal atendido, não volto mais. Concordo plenamente de que parte da culpa é do público que retorna ao estabelecimento quando é mal atendido. Por exemplo, a minha experiência na lanchonete Papa-Léguas da Praça 14 de Janeiro. Fiz um pedido, observei outros clientes (famílias) chegando depois e eles foram atendidos antes de nós. Simplesmente levantamos, saímos e não voltamos mais. Depois de 8 anos, voltei e fui atendido razoavelmente. Quando sou bem atendido em algum estabelecimento, me torno cliente fiel, caso contrário, não retorno mais, exceto por extrema necessidade.

    Sobre o Lanche do Careca Lindo… É um lanche normal com preço extremamente elevado. Minha opinião sobre o estabelecimento: apenas nome. Depois que foi “eleito” pela revista Veja como um “excelente” lanche, os preços subiram absurdamente. Já experimentei lanches melhores com preços mais acessíveis. E afirmo categoricamente que não vale a pena não. Na mesma rua, próximo ao super mercado DB, há uma lanchonete de uma confeiteira especializada em distribuição de alimentos. Os salgados dela são superiores com preços justos e honestos.

    Gostei muito do programa. Contudo, seria mais interessante diminuir o tempo. 30 a 45 minutos estaria ótimo. Variar o conteúdo na forma de drops seria interessante. Fui ao evento da Saraiva e fiquei muito feliz. Parabéns!

    PS: Seria o primeiro a comentar depois do comentário no Instagram, mas dividi o programa em 2 dias… mas isso é um problema particular de deficit de atenção. 😀

    • Ayrton De Oliveira

      Essa lanchonete da praça 14 SUCKS!

  • André Paes

    Internet é muita cara. Sim, somos um outro país. Zona Franca é só ilusão porque nada aqui é barato por ser fabricado aqui. Entender por que amamos essa terra quente, não tem explicação. Sobre o frete de transporte, é cobrado por metro cúbico e é lei aproveitar a maior quantidade de entregas no caminho até o destino final, por isso demoram as entregas.Condicionado de ar é necessário, aqui em casa tem dois, um condicionador de ar 24.000 btus na sala e o outro de 12.000 btus no quarto, isso pra aguentar o clima. Mas não me mudo daqui.
    Parabéns pelo Podcast.
    Ass.: Wookie Baré

  • Mario Nakamura

    Ei! a parada do “acha que pode ir no shopping tal” eh brincadeira, viu?! todo mundo pode ir pra onde quiser uhahuahuauhahu

  • Mônica Aensland

    Açaí tem gosto de terra sim, eu achei que era a única que pensava assim haushash. Em relação ao atendimento não tem nem o que falar pois é bem ruim e você até estranha quando é tratado bem, gostei da teoria do frete da saraiva.

  • Mônica Aensland

    E NOSSAAA melhor coisa essas campanhas políticas daqui hausah se eu não tivesse visto duvidaria que é verdade.

    • Fernanda Brandão

      Ficou de fora o “Então morra!” hahaha

      • Mônica Aensland

        HSUAHSAH SIM!!!

  • Sou Manauara e moro em Belo Horizonte a 7 anos,ja conheci o Brasil todo e falo que a cultura amazonense é única, apesar dos pesares, hoje eu valorizo mais ainda essa região do norte, assim como disseram sobre a internet ruim, sei que o isolamento colabora pra dificultar tudo, mas em relação a riquezas naturais, não tem nada igual em lugar nenhum, mas meus amigos e conhecidos que moram aí tem a chamada síndrome de vira-lata e acho isso uma idiotice, pois manaus é fantástica e não perde em cultura a outras cidades do Brasil. Abraços aos Mapinguas e sucesso!

  • Pingback: Taverna do Mapinguari 20 | Side Quest | Tim Burton e Kevin Bacon comendo tucumã no Dia da Toalha – Podflix - Podcast()

  • Juliane Ribeiro ✠ ‏

    Se Jout Jout fez um vídeo falando que tacacá fez ela aprender a amar, ele merece respeito #respeitaotacaca kk