Músico do AM recria tema de Final Fantasy em concurso que celebra 30 anos do jogo

Publicado em 17 de outubro de 2017 | Por Thiago Henrik | Entretenimento, Games, Música, Notícias

Em 1987 o mundo dos games viu surgir uma das mais icônicas e amadas franquias de RPG até hoje. Final Fantasy está completando 30 anos e, por isso, a Square Enix (antiga Squaresoft), criadora da Franquia, está realizando uma série de ações para comemorar. Entre elas está um concurso que homenageia o icônico tema musical, criado pelo compositor Nobuo Uematsu (abaixo).

Fãs do mundo inteiro podem mandar sua versão da trilha, e uma curadoria escolhe os melhores para figurar no site oficial. Neste momento figura na página o vídeo do amazonense César Lima, músico e produtor musical que recentemente passou a trabalhar com trilhas sonoras e trilhas para jogos, que ainda espera ser finalista.

“Há pouco tempo esse concurso foi adicionado em uma pagina onde tenho contatos com compositores para jogos de todo o Brasil. Como o tema tem 30 anos e muitas versões, arrisquei colocar algo que pudesse caracterizar a música brasileira, então tive a ideia de elaborar um arranjo no estilo bossa nova. Tive a orientação do meu professor Antonio Teoili,  sound designer da Samsung e professor da Game Audio School” – contou o César.

Confira abaixo a versão do César Lima, em ritmo de Bossa Nova:

Ao final do concurso, os vídeos enviados serão avaliados pelo compositor Nobuo Uematsu e sua equipe, e os melhores farão parte do vídeo oficial em homenagem aos 30 anos de Final Fantasy. Ficamos na torcida pelo César.


Sobre o Autor

veste Capa-e-Espada despojado, seus ̶h̶o̶b̶b̶i̶t̶s̶ hobbies favoritos são: filmes massa-velho, histórias de fantasia e séries sobre paradas estranhas. Já alcançou o 7º sentido, destruiu o Um Anel na Montanha da Perdição, chegou ao último andar da Torre Negra, retirou a espada da pedra e perdeu muitos pontos para a Grifinória. Gosta mais de cachorro que de gente, Não abre mão do segundo café da manhã e costuma esquecer que o mundo não está em seus livros e mapas.
Instagram: @thiabolico

Comentários