Jovem de Tocantins transforma personagem de Tolkien em TCC

Publicado em 11 de julho de 2017 | Por Ayrton de Oliveira | Sem Categoria

Da lista de palavras que mais causam medo e desespero nos universitários, você pode ter certeza que “TCC” está facilmente no topo dela. Aqui em Manaus, já vimos duas moças que realizaram um TCC voltado para o lado nerd, uma delas fez seu trabalho baseado em Harry Potter e a outra também se baseou no universo de J.K. Rowling, mas se voltando para as páginas de Os Contos de Beedle, o bardo. Já em Tocantis, uma jovem transformou o personagem Aragorn em seu TCC.

Durante o mês passado, a universitária Maiza de Paula concluiu o curso de “Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo” na Universidade Federal do Tocantins ao defender o seu TCC “O Senhor dos Anéis, da literatura para o cinema: uma análise comparativa e intersemiótica sobre o personagem Aragorn”.

Fã da cultura pop em geral, a jovem não se diz “nerd”, mas se sente um pouco mais voltada para o lado “Geek” da força. A moça não abre mão dos games, RPG, séries, filmes, livros, HQs e animes. “Acho que sou muito mais uma metade de cada, apesar de geek e nerd serem do mesmo mundo ainda tem uma grande polêmica nesse universo, são ramificações diferentes, mas tudo está envolto no mundo nerd, então eu penso que eu estou no meio desses dois caminhos.”, comenta Maiza.

A ideia para o TCC

Como já era de se esperar, Maiza é uma grande fã da obra de Tolkien e, por seu curso dialogar bastante com artes visuais e literárias, surgiu na cabeça a ideia de fazer um estudo dentro da comunicação sobre a relação entre o cinema e a clássica obra literária de Tolkien. A estudante diz que “As obras de Tolkien foram e são um marco na história da literatura fantástica mundial. Os filmes de Peter Jackson também foram uma grande inovação cinematográfica na época que foram lançados.”.

A professora responsável por ser a orientadora de Maiza em sua jornada pela Terra Média, além de aceitar tranquilamente o tema para o TCC, também caiu de cabeça e se empolgou bastante. A orientadora também é fã de Tolkien e dos filmes de Peter Jackson, então logo viu que a estudante trabalhava com um tema inovador.

Recebi dela um apoio muito grande quanto a isso, o que me ajudou bastante a ficar firme no trabalho.

Alguns professores do curso chegaram a “virar o nariz” para o tema do TCC e ainda falaram que não tinha nada a ver com jornalismo, porém Maiza seguiu confiante ao ver que o seu curso, acima de tudo, é de Comunicação Social, e assim realizou o TCC.

Tempos difíceis e a incerteza do tema

Alguns meses atrás a jovem tentou fazer o TCC, porém enfrentou muitas dificuldades ao passar por duros momentos enfrentando a morte do pai, nessa época a moça até pensou em desistir do curso, mas continuou firme. Após estudar a disciplina de “Comunicação e Cultura”, Maiza considerou mudar o rumo do seu TCC para “Folkcomunicação”, mas viu que já tinha bastante embasamento teórico para prosseguir com o tema de Senhor dos Anéis e por assim ficou. 

Hoje me sinto orgulhosa do resultado. Foi difícil o processo de produção, muito difícil, mas o resultado foi maravilhoso na minha realização pessoal e também na nota final do trabalho.

Aragorn filho de Arathorn será o novo rei

O TCC trata basicamente de uma análise de convergência e divergência na trajetória de Aragorn tanto nos livros quanto nos filmes. A universitária tentou identificar e entender como se dão essas diferenças no processo de adaptação do livro para o cinema, procurou estudar se é tradução da linguagem escrita para a fílmica, se é o apelo comercial ou a vontade de deixar o filme mais comerciável para vender mais.

Tolkien deixou um grande tesouro para a humanidade, e é nosso dever perpetuá-lo, seja passando o gosto pela leitura aos nossos filhos, netos, sobrinhos, ou estudando sobre sua obra maravilhosa. O importante é não deixar cair no esquecimento.


Sobre o Autor

Apaixonado por filmes, costumo ser o Batman nas horas vagas e San Junipero até às 00:00. Sou fascinado por Doctor Who, queria ter uma caixa azul maior por dentro e o fogo anda comigo. Fora isso, já falei que amo filmes?

Comentários