Faroeste Caboclo vira HQ pelas mãos de quadrinista amazonense

Publicado em 27 de setembro de 2015 | Por Thiago Henrik | Galeria, Música, Quadrinhos

João de Santo Cristo é um dos mais conhecidos personagens da música nacional e, antes mesmo de ter ganhado filme, foi o protagonista da história em quadrinhos do artista amazonense Luís Carvalho, em uma adaptação da saga Faroeste Caboclo.

Luís, também conhecido como Lula, tem 33 anos de idade e foi inspetor de qualidade no distrito industrial por seis anos, mas sua paixão sempre foi a arte.

“Sou fã do Conan, possuo todas as edições. Acompanho com atenção as constantes novidades desse universo incrível dos quadrinhos”, conta. Suas influências, segundo ele, são os quadrinhos de John Buscema, Frank Miller e Will Eisner.

Por três anos fez parte do projeto Jovem Cidadão, onde era instrutor de artes visuais para adolescentes de 12 a 14 anos. Há seis anos, começou a desenhar seus próprios quadrinhos.


Lula se orgulha de ter adaptado a história do herói indígena Ajuricaba para os quadrinhos, além de ter diversas outras obras em fase de conclusão, como ‘Zumbi’, ‘Lua 96’ e ‘Ed, o Filho da Floresta’. Esses dois últimos são contos fechados que ele pretende publicar utilizando o suporte do Crowdfunding. As duas obras, que são de ação com toques místicos/fantasia devem aparecer no Catarse em breve (e quando aparecerem, pode deixar que a gente avisa aqui no Mapingua Nerd).

Já a adaptação de Faroeste Cabloco, do momento em que surgiu a ideia até o dia em que ficou pronta, passaram-se 8 anos. “Só em 2013, mais precisamente um mês antes da estreia do filme, tive total convicção e aptidão para pôr no papel essa incrível saga cantada pelo eterno poeta do rock, Renato Russo”. 

Mas a espera parece ter valido a pena. “Enviei uma prévia ao Dado Villa-Lobos (ex-guitarrista da Legião) e o cara curtiu!”

Curta Faroeste Caboclo em quadrinhos, na íntegra, clicando AQUI. Não esqueça de comentar dizendo o que achou!

 

Sobre o Autor

veste Capa-e-Espada despojado, seus ̶h̶o̶b̶b̶i̶t̶s̶ hobbies favoritos são: filmes massa-velho, histórias de fantasia e mangás apelativos. Já alcançou o 7º sentido, destruiu o Um Anel na Montanha da Perdição, chegou ao último andar da Torre Negra, retirou a espada da pedra e já perdeu muitos pontos para a Grifinória. Não abre mão do segundo café da manhã e costuma esquecer que o mundo não está em seus livros e mapas. Instagram: @thiabolico

Comentários