Exposição tem Teatro Amazonas feito com peças de Lego

Publicado em 23 de dezembro de 2015 | Por Juçara Menezes | Eventos, Manaus, Notícias

Quem nunca pisou em uma peça de Lego não sabe o que é dor nessa vida. Mas, se essa recordação é dolorosa, a sensação de inventar novos itens e monumentos supera a lembrança nada boa. E é isso que podemos ver na exposição ‘Teatro Amazonas – A Glorificação das Artes’, em cartaz no Manauara Shopping até o dia 31 deste mês.

Lá, vemos simplesmente mais de 30 mil peças de Lego que se juntam e formam o majestoso! Tudo bem que eu sou super fã do Teatro, mas esta versão é para deixar qualquer nerd de cabelo em pé.

Montada na década de 70 na sede da Lego (na Dinarmaca), quando a fábrica homenageou vários monumentos históricos em todo o mundo, a maquete foi enviada para a fábrica da Lego que existia em Manaus naquela época. Muito tempo depois, foi encontrada pela empresa Recofarma Indústria do Amazonas, que adquiriu o imóvel da indústria de sonhos brinquedos, quando a unidade da capital foi fechada.  A saga termina em março de 2001, quando a maquete foi doada ao Museu do Teatro Amazonas.

A exposição

Incrivelmente a exposição ‘Teatro Amazonas – A Glorificação das Artes’ faz parte das comemorações do aniversário de Manaus. A mostra propõe um passeio pela história do Teatro – tem até as plantas de construção do monumento! – com imagens, livros, sons e a maquete. 
teatroamazonas-mapinguanerd1
Além disso, você encontra várias outras coisas interessantes, como a descrição:

Manaus é a única cidade no mundo cujo símbolo é um teatro: o Teatro Amazonas. Trata-se de uma obra repleta de significações como centro de cultura e arte, seja como lugar da memória social e expressão da identidade de um povo ou por sua construção estar fortemente ligada ao período da Belle Époque amazonense e da prosperidade da economia gomífera.

Arquitetura monumental, ricamente decorado em estilo eclético, o Teatro Amazonas é o mais importante edifício manauense. Conhecido mundialmente como teatro mítico pelas peculiaridades de sua construção e por estar encravado no coração da selva amazônica, reconquistou, nos últimos 18 anos, a tradição de um centro de ópera e de grandes espetáculos de projeção internacional.


Sobre o Autor

da Casa Menezes, a primeira de seu nome, Protetora do Norte e dos Nerds Oprimidos. Jornalista, mãe, esposa. Desde criança tem uma paixão nada secreta pelo Cebolinha. É vice-presidente do Conselho Jedi Amazonas. Líder Suprema (presidente) do fã-clube Lado Rio Negro. Com um amor incondicional de Darth Vader, sempre carrega um par de meias sujas na mochila para libertar elfos domésticos.

Comentários