Empreendedorismo e Inovação no meio da Amazônia

Publicado em 4 de setembro de 2016 | Por Bruno Graça | Empreendedorismo, Eventos, Notícias

No meio da floresta, o Amazon Jungle Palace receberá, entre os dias 23 a 25 de setembro, empreendedores, CEO, founder, especialistas, gestores, coordenadores de diferentes áreas do conhecimento, abordando maneiras inovadoras e sustentáveis para a proteção e desenvolvimento da Amazônia.

O evento faz parte do “Sebrae Startup Jungle”, desenvolvido pelo Sebrae Amazonas, que juntou o tema “sustentabilidade” com as startups criando algo novo na região Norte. “Após analisar todas as tendências nacionais e internacionais, o SEBRAE AM concluiu que unir um evento com capacitações de qualidade, mentores de renome, jovens empreendedores com um foco de pensar projetos que sejam concebidos ou dentro de uma visão sustentável ou com objetivo solucionar problemas vividos em nossa região, irá gerar empreendimentos de altos investimentos e totalmente executáveis”, contou Glaucia Campos, participante da Sebrae Startup.

Os interessados podem se inscrever gratuitamente até o dia 15 de setembro. Depois dessa data, haverá uma escolha rigorosa dos 70 participantes, que então deverão pagar o valor de R$ 150,00, com direito a alimentação e hospedagem durante os três dias de evento.

De acordo com Glaucia Campos, os participantes procurados são os que já tenha experiência com startup. “Procuramos jovens empreendedores que já tenham algum tipo de contato com startups, seja como apoiador do ecossistema, seja como um CEO ou Founder – como chamamos os donos de startups – ou mesmo empreendedores no segmento de tecnologia. A ideia é unir 70 pessoas com muito conhecimento acerca de empreendedorismo inovador e disruptivos”, revelou.

Os participantes selecionados terão a chance de trocas ideias e experiências com especialistas de renome nacional e de diferentes áreas do conhecimento, com quem terão capacitação, discussão e imersão no empreendedorismo de alto impacto e terão chance de aprender as principais ferramentas para começar a transformar suas ideias em produtos e serviços que os clientes desejam, criando startups que desenvolvam a economia da Amazônia.

“Serão três dias de Work Hard. O evento está configurado para que após a formação das equipes, os projetos sejam trabalhados em cima do que chamamos de Work Hard, atividades intensas mentoradas por profissionais de mais alto gabarito nacional”, afirmou Glaucia Campos.

Para mais informações e se candidatar ao evento acesse o site do evento.

Foto de destaque: Startups (da esquerda para direita) UNIDREAMS, INDICAR e HEXÁGONO, participantes do programa de pré aceleração de startups Flash Sebrae em um momento de brainstorming. Da esquerda para direta, Rafael Teódosio, Leonardo Moschini e Wuppschlander Muller.

 

Sobre o Autor

é um jornalista, assessor e pau pra toda obra. Adora séries de investigações criminais e o canal Investigação Discovery. Curte: mangás, jogos em geral, Doctor Who, RPG, dinheiro, contar mentiras absurdas (?) e testar a paciência das pessoas. Revés: bipolar.

Comentários