E se o novo Mogli fosse na floresta amazônica?

Publicado em 4 de outubro de 2015 | Por Thiago Henrik | Cinema

Semanas atrás saiu o primeiro trailer de O Livro da Selva, uma versão live-action (e muito CG) da clássica e sensacional versão Disney da história do Mogli, o menino-lobo. Me emocionei com o trailer, porque assisti dezenas e dezenas de vezes o desenho em VHS e lembro com muito carinho dos personagens, principalmente Balu e Baguera. E quantas horas passei com o Mogli no jogo de Super Nintendo. Ô, saudades…

Mas fiquei pensando: e se a história do Mogli fosse na Amazônia? E se, em vez de indiano, o protagonista fosse um curuminzinho que se perdeu na nossa floresta? Como seriam os outros personagens?

01 mogli

Rama e Raksha (família adotiva)

O primeiro problema: não temos lobos no Amazonas. Embora eu tenha encontrado que o Lobo-Guará e até mesmo o fofíssimo Cachorro-Vinagre podem ser considerados animais da Amazônia, não há ocorrência aqui na nossa região. Uma substituição teve que ser feita e, levando em conta animais com hábitos gregários (que andam em bando) e que poderiam ter alguma proximidade com seres-humanos, me pareceu lógico que na nossa história a família adotiva do curumin seriam mesmo os macacos. Mais especificamente os Macacos-Aranha, por serem os maiores que temos por aqui. Assim, nosso Mogli aprenderia a passear pelas árvores com muito mais desenvoltura que o original.

02 mogli

Shere Khan

O grande vilão não poderia ser outro senão o maior predador da nossa região, a Onça-Pintada, o maior felino do continente americano, podendo chegar a 135 kg. Embora menor que o tigre asiático, a Onça é considerada o felino com a mordida mais potente no mundo. Chupa, tigre!

03 sherekhan

Baguera

Sabia que a Pantera Negra não é uma espécie separada de felino? Ela é simplesmente uma onça ou leopardo que nasceu com melanina demais. Por isso, o Baguera poderia ser simplesmente outra onça…  mas para efeito de roteiro, é preciso que ela seja menor e mais fraca. Por isso, nosso Baguera será uma Sussuarana (ou Onça-Parda), o segundo maior felino da América e o mais distribuído pelo continente.

04 baguera

Balu

Ok, não temos ursos. Mas o que realmente caracteriza o Balu é sua simpatia boêmia e seu jeito único de levar a vida só na manha. Quem melhor pra ensinar o pequeno Mogli a ficar de bubuia senão a nossa querida Preguiça?

05 balu

Coronel Hathi, Hathi Jr (e os outros elefantes).

Seriam todos Antas. Porque tem tromba. Simples assim.

06 hathi

Rei Louie

Nosso Rei Louie, o macacão malandro que canta e dança, seria interpretado lindamente por um Macaco Guariba (ou Bugio), também conhecido como o Macaco que Grita.

07 louie

Kaa

A serpente Kaa da nossa história podia engolir a original e palitar os dentes com o Mogli. Isso porque ela seria uma Sucuri, a maior serpente do mundo. Ela pode ter mais de 10 metros e existem relatos de algumas que já engoliram pessoas inteiras na nossa região.  Vish, já deu mais medo dela que do Shere Khan, né?

08 kaa

O que achou? Teria feito diferente? Me conte aí nos comentários!

Sobre o Autor

veste Capa-e-Espada despojado, seus ̶h̶o̶b̶b̶i̶t̶s̶ hobbies favoritos são: filmes massa-velho, histórias de fantasia e mangás apelativos. Já alcançou o 7º sentido, destruiu o Um Anel na Montanha da Perdição, chegou ao último andar da Torre Negra, retirou a espada da pedra e já perdeu muitos pontos para a Grifinória. Não abre mão do segundo café da manhã e costuma esquecer que o mundo não está em seus livros e mapas. Instagram: @thiabolico

Comentários

  • Fernanda Brandão

    Na verdade o Balu poderia ser um amigo meu aí.

    • Ayrton De Oliveira

      Eu entendi a referência (eu acho).