Documentário sobre a Amazônia está sendo gravado em IMAX

Publicado em 19 de novembro de 2016 | Por David Dornelles | Cinema, Notícias

Nossa floresta amazônica é rica em fauna e flora. Há muitas espécies que até nós, nativos, não conhecemos. Há inúmeras possibilidades paras descobertas científicas. Por exemplo, as borboletas encontradas no Amazonas foram decisivas para Charles Darwin concluir a teoria da evolução das espécies. E esse curioso fato inspirou o produtor-executivo Yuri Sanada e o coprodutor canadense Jonathan Barker a conceber um documentário a respeito.

Um documentário educativo, com objetivo de mostrar ao mundo imagens fantásticas da Amazônia relacionadas ao mimetismo dos animais e ao processo de evolução da vida é a proposta de “Amazon Adventure 3D”, filme que receberá o apoio de produção da Secretaria de Estado de Cultura.

O documentário remontará as descobertas e aventuras de Henry Walter Bates, naturalista inglês, que coletou insetos no Amazonas durante o século XIX. Em viagens aos Estados do Norte, estima-se que ele tenha recolhido e enviado mais de oito mil novas espécies para o acervo do Museu da História Natural de Londres. Bates teve como mérito a descoberta do fenômeno natural da camuflagem e do mimetismo, adaptação na qual um organismo possui características que o confundem com um indivíduo de outra espécie, que propiciou a Charles Darwin criar a Teoria da Evolução das Espécies por meio da seleção natural.

Segundo Sanada “Além de percorrer museus ao redor do mundo, o filme percorrerá escolas e projetará uma importante imagem do Brasil para aproximadamente 50 milhões de pessoas. Dessa forma, temos a intenção de aproveitar ao máximo os talentos locais”. O documentário “Amazon Adventure 3D” deve ser o primeiro filme a ser rodado no país na tecnologia IMAX. A tecnologia oferece resolução de filmagens em 12k, e traz ao espectador a sensação de imersão no filme, superior ao formato 3D tradicional. A previsão de lançamento é para o próximo ano.

Sobre o Autor

está do lado de Aslam, mesmo que não haja Aslam. Quer viver como um narniano, mesmo que Nárnia não exista.

Comentários