Cinco jogos mostrados na E3 2015 para te deixar ocupado até o fim do ano

Publicado em 23 de junho de 2015 | Por Bruno Izidro | Games, Notícias

A E3 (Electronic Entertainment Expo, a maior feira de videogames do mundo) sempre foi a época para ficarmos sabendo dos games que vamos querer jogar nos próximos meses. A edição de 2015, que aconteceu na semana passada, não foi diferente e vimos pela primeira vez jogos já esperados, como o novo Doom, além de conhecermos coisas completamente novas e interessantes, como Horizon: Zero Dawn e Unravel.

O problema é que ainda vamos esperar um bocado até podemos jogar boa parte deles, já que muitos estão previstos para chegar só em 2016. Por sorte, outros títulos também interessantes mostrados na E3 já vão ser lançados logo logo e, por isso, escolhemos aqui cinco desses jogos que vão nos deixar bastante ocupados até o fim de 2015.

Super Mario Maker

Wii U (11 de setembro)

Até a E3 desse ano poucos davam atenção a esse jogo que, basicamente, permite criar fases baseado em Mario. Foi então que durante a Nintendo Champioship, que rolou pouco antes da E3, o verdadeiro potencial de Super Mario Maker foi mostrado.

É verdade que as fases do Nintendo Champioship foram feitas pelos próprios desenvolvedores da Nintendo, o que faz elas serem bem profissionais, mas todos foram criados usando os recursos do jogo, mostrando o quanto Super Mario Maker pode ser fantástico.

Apesar de querer despertar o Miyamoto dentro de cada um, o que mais empolga mesmo é a possibilidade de jogar fases insanas e com ideias originais dos jogadores mais criativos, já que será possível compartilhar suas fases com todo mundo. Parece que o jogo do Mario definitivo do Wii U vai finalmente aparecer e, ironicamente, pode ser que não seja feito(totalmente) pela Nintendo.

Halo 5: Guardians

Xbox One (27 de outubro)

Um dos principais lançamento para Xbox One nesse ano, o novo jogo de Master Chief foi um dos destaques da conferência da Microsoft na E3. Muitas informações foram reveladas durante os últimos meses, mas foi na feira que vimos os vários modo de jogo em ação.

A começar pela campanha principal, que poderá ser jogada tanto single player quanto co-op (online ou local).

O que é animador é que esse novo jogo da série parece unir elementos de Halo 2 (o fato de ter dois protagonistas) com Halo: Reach (por estarmos em esquadrões de Spartans), os dois melhores da série. Há também o multiplayer, claro, e na feira foi mostrado o novo modo “Warzone”.

Rise of The Tomb Raider

Xbox One e Xbox 360 (10 de novembro)

Outro grande exclusivo do console da Microsoft (mesmo que temporário), a continuação do “reboot” da série lançado em 2013 parece ser bem mais ambicioso e com cenários variados. O que foi mostrado de Rise of The Tomb Raider na E3 também confirma duas coisas: o jogo tá bonito e que a Lara Croft ainda vai sofrer um bocado.

Com Uncharted 4: A Thief’s End adiado para 2016, Rise of The Tomb Raider se torna o jogo ideal para quem está atrás de um jogo mais voltado pro lado da aventura e cheio de momentos grandiosos.

Fallout 4

Xbox One, PS4 e PC (10 de novembro)

Um daqueles tipos de jogos que “consumem vidas”, Fallout 4 saiu da E3 2015 sendo um dos títulos mais aguardados para o fim do ano. A empolgação não é pra menos, já que o que foi mostrado por lá dá todas as dicas de que ele será memorável.

Fora todo o universo e ambientação para matar as saudades de quem ficou horas e horas com Fallout 3 e New Vegas, a Bethesda parece que ajeitou as mecânicas de tiros tão criticadas dos jogos anteriores.

Isso, aliado as novidades de poder criar sua própria comunidade, opções de customização dignas de The Sims e um mapa enorme para se explorar, tem tudo para fazer de Fallout 4 uma experiência única.

Star Wars Battlefront

Xbox One, PS4 e PC (17 de novembro)

Eu não sou lá muito fã de jogos só focados em multiplayer, mas não tem como não ficar empolgado com Star Wars Battlefront. Pode ser o lado fã da obra de George Lucas falando mais alto¿ Talvez. Será porque reviver a batalha de Hoth e ainda poder ser um Jedi nunca fica chato¿ Com certeza.

Star Wars Battlefront poderá ser jogado online ou off-line (com bots), mas infelizmente não terá nenhum tipo de campanha solo. O intuito é oferecer a melhor experiência multiplayer de um jogo da série, tanto competitivo ou com modos co-op.

Um ponto negativo é que o jogo não terá batalhas espaciais, mas seja a pé, no ar ou com a Força, Battlefront está se mostrando o jogo que mais periga bater de frente com o todo poderoso Call of Duty esse ano, algo que a outra série de tiro da EA, Battlefield, não conseguiu.

Em uma E3 em que tivemos o retorno de The Last Guardian, o anúncio do remake de Final Fantasy 7 e a vinda de Shenmue III, é bom saber também vamos ficar bem ocupados com esses jogos que chegarão nos próximos meses e nos fazer um pouco dessas promessas.


 


Sobre o Autor

━ A Garme Journalizzzzt Wannabe

Comentários