Casos curiosos em que a vida imitou a arte

Publicado em 5 de fevereiro de 2016 | Por Ayrton de Oliveira | Artes

Já diria Oscar Wilde: “A vida imita a arte muito mais do que a arte imita a vida”.

Alguns casos ficam famosos por já terem sido vistos em série ou até mesmo filmes e você já deve ter se deparado com uma situação dessas em seu cotidiano. Existem filmes que são baseados em fatos reais porém, quando acontece o contrário é muito mais diverto, mesmo podendo ser trágico demais. Sem mais demora, vamos dar início à lista de “casos curiosos em que a vida imitou a arte”.

01. Paul Walker

JxOTN

Paul Walker, querido autor conhecido por filmes de ação e principalmente pela saga de filmes Velozes e Furiosos, faleceu em 2013 em um acidente de carro. Foi um choque a todos e até muito irônico. Fiquei em dúvida sobre colocar esse caso na lista já que seu personagem não teve destino igual em seu último filme – e claro que nenhum acidente de carro seria novidade -, mas pela ironia do destino, e tristeza de muitos fãs, esse é um dos casos mais famosos da vida imitando a arte.

02. John Hamm

Mad-Men-Jon-Hamm-Sitting-Pose

Ator conhecido por seu papel de Don Draper na série Mad Men, e agraciado recentemente com um Globo de Ouro de Melhor Ator em Série Dramática sofria problemas de alcoolismo, até que em 2015 decidiu entrar em um clínica de reabilitação onde passou por um tratamento de 30 dias. Até aí “tudo bem”, ficamos contentes que uma pessoa possa se recuperar de um vício, o problema é que na série o seu personagem também sofre de problemas graves de alcoolismo. O próprio ator chegou a comentar: “Espero não ter as coisas ruins de Don”. Infelizmente a série já chegou ao seu fim e só sobra aos fãs um pouco de saudade.

03. Um Morto Muito Louco

REX_weekend_at_bernies_kab_140129_16x9_992

“Sessão da Tarde”, que nostalgia! O nome já diz tudo, mas para quem não lembra: é simplesmente um homem que morreu sendo carregado pelos amigos aprontando altas confusões que até Deus duvida nessa aventura tamanho família. Fato é que em 2008 dois amigos gostariam de sacar o cheque de seguro social de outra pessoa, sendo que essa estava morta! Eles usaram uma cadeira de rodas para locomover o corpo. 

Na série How I Met Your Mother, o personagem Barney é fascinado por esse filme, sendo um de seus preferidos. O nome original é Weekend at Bernie’s e o sonho do personagem é realizar o Weekend at Barney’s.

04. Bryan Cranston 

Bryan-Cranston-Breaking-Bad_image_660

Confesso que fiquei um pouco com medo depois disso. Existem três casos que eu conheço que envolvem os personagens interpretados pelo Bryan Cranston… meu medo veio porque um dos seus últimos filmes foi Godzilla e realmente não pretendo ver nada daquilo da vida real! Mas vamos aos casos que lembram o autor.

Em How I Met Your Mother ele interpreta o personagem Hammond Druthers, chefe do Ted Mosby. Em um dos casos, o personagem decide realizar o projeto de um prédio que possui um formato bastante parecido com o órgão reprodutor masculino, acontece que na China um prédio exatamente com essas características foi também criado, o qual gerou bastante piadas entre os moradores de lá.

Ainda na pele de Hammond Druthers, ao aparecer na série depois do término de Breaking Bad, é revelado que outro de seus projetos foi um prédio construído que, ao ser atingido pelos raios solares, derreteu parte de objetos que estavam a sua volta, e na Inglaterra o fato se repetiu! Um carro foi derretido por um prédio, o dono ficou em choque, como todos ficariam, mas ficou tranquilo quando o prédio em questão resolveu pagar pelo estrago. 

E o terceiro caso agora Bryan Cranston se encontra na pele de Walter White, professor de química que tem câncer de pulmão e resolve vender metanfetamina para gerar um renda extra, sendo assim possível pagar pelo seu tratamento e na pior das hipóteses, deixar o dinheiro como herança para seus filhos. É claro que teve um louco que decidiu fazer igual, pois em 2013 o professor Stephen Doran foi preso por tráfico de metanfetamina e sim, ele também sofria de câncer.

06. Muse – Reapers

muse-drones

O álbum Drones foi lançado em 2015 pela banda Muse, no qual a faixa Reapers vem repetindo a frase “Killed by Drones”, e na vida real uma série de membros do Estado Islâmico estão sendo mortos por ataques de drones. O clipe da música traz exatamente isso e você pode conferir clicando aqui.


Lembra de outro caso curioso? Algum caso desses já aconteceu com você? Deixa aí um comentário contando sua experiência.

Sobre o Autor

"Ele é um deus, ele é um homem, ele é um fantasma, ele é um guru." Apaixonado por filmes, costumo ser o Batman nas horas vagas e San Junipero até às 00:00. Sou fascinado por Doctor Who, e queria ter uma caixa azul maior por dentro. Fora isso, já falei que amo filmes?

Comentários