7 filmes franceses que você deveria assistir

Publicado em 28 de maio de 2016 | Por Alberto Carvalho | Cinema

Há algumas semanas dei umas dicas de filmes estrangeiros que valem a pena serem assistidos, se não viu, clica aqui que te mostro. E como disse naquele post, prepararia uma lista especial só com produções francesas. Então pega caneta e papel (se é que as pessoas ainda fazem isso) e anota essas indicações.


Os intocáveis

intocaveis

Baseado numa história real, Os intocáveis é um drama que vai fazer você parar e repensar um pouco sobre sua definição de empatia. Driss (Omar Sy) é um senegalês erradicado na França e, após cumprir sua pena, precisa de algumas entrevistas de emprego para continuar recebendo auxílios do governo. O que ele não esperava era ser contratado, e a vaga: auxiliar de enfermagem de um milionário.

No decorrer da história vemos como os dois personagens aprendem um com o outro e como a amizade entre eles torna-se tão forte. Com cenas engraçadas e emocionantes, este filme é uma ótima pedida para aqueles que gostam de um bom drama.

O Fabuloso Destino de Amélie Poulain

Com uma infância singular, formada por acidentes, travessuras e um diagnóstico de doença cardíaco errado, Amélie passa toda ela confinada. Ao sair de casa, anos mais tarde, ela acaba descobrindo o tesouro de um garoto e com muito engajamento consegue devolver ao dono, é nesse momento que Amélie Poulain descobre um novo sentido para sua vida. O filme é repleto de bons diálogos e uma trilha encantadora. Um dos melhores filmes que esse país já produziu.

O Artista

Você deve estar se perguntando, como um filme em preto e branco, ainda por cima mudo, ganhou o Oscar de melhor filme em 2012? E foi justamente por isso: pela simplicidade da técnica. A história se passa na Hollywood dos anos 20, onde George Valentin é um astro do cinema. É nessa época que o cinema falado começa a crescer e esse crescimento faz nosso protagonista temer por sua carreira e pela sua paixão, uma jovem dançarina que acaba de receber uma oportunidade no segmento.

Albergue Espanhol

albergue

Quem já fez intercâmbio sabe que conviver com pessoas de outros países, com costumes e vidas bem diferentes da sua é uma experiência e tanto. E é sobre isso que se trata O albergue espanhol. Xavier é um estudante de economia que vai estudar durante alguns meses em Barcelona, ao chegar lá e não se adaptar a moradia que estava planejada, ele decide ir buscar outro apartamento e acaba achando um com mais sete estudantes. Ao longo da história vemos como ele tem de se adaptar com os outros estudantes, como lidar com sua namorada que ficou em Paris, e com uma paixão inesperada que lhe trará sérios problemas.

Piaf –  Um hino ao amor

O longa conta a história de uma das maiores cantoras de todos os tempos. Alternando entre épocas diferentes da vida de Piaf, vemos o quão forte era essa mulher, todos as dificuldades pelas quais ela passa, desde sua infância, passando pelo abandono dos pais, a criação num ambiente “inadequado” para uma garotinha, até a ascensão de sua carreira, os shows, as viagens e os amores vividos. Uma excelente cinebiografia.

O sal da Terra

2

Um dos maiores nomes do cinema alemão, documentando a vida de um dos maiores fotógrafos brasileiros, não tinha como dar errado. A co-produção franco-brasileira mostra a trajetória de Sebastião Salgado, as viagens o longo do globo, suas experiências e obviamente todos os registros feitos através de seus cliques. Ao longo do documentário acompanhamos Sebastião em seu projeto “Gênesis”, onde ele homenageia o planeta através da descoberta de territórios imaculados, da flora e da fauna selvagem e de paisagens grandiosas.

Azul é a cor mais quente

Dirigido pelo franco-tunisiano Abdellatif Kechiche e ganhador da Palma de Ouro no Festival de Cannes em 2013, a adaptação da graphic novel é simplesmente espetacular. O filme mostra a jornada de auto-conhecimento de Adèle Exarchopoulos, uma garota de 15 anos que encontra em Léa Seydoux seu primeiro amor por uma mulher. Ao longo da história vemos Adèle se descobrindo em vários aspectos de sua vida, seja acadêmica, profissional e principalmente amorosa. Acompanhamos suas dúvidas, o preconceito sofrido e os erros cometidos. A busca de Adèle por conhecer a si própria é inspiradora.


Gostou da lista? Que outro filme você indicaria? Comenta aqui embaixo e vamos trocar uma ideia sobre o assunto. E nos vemos na próxima. Au revoir!


Sobre o Autor

Louco por filmes e apaixonado por rabanadas

Comentários

  • Pam Gomes

    Les Diaboliques
    Tomboy

  • O Artista, Amélie e Azul são amor. Tomboy é realmente maravilhoso também, você deveria assistir. eu recomendo: Breathless, Coco, The Diving Bell and the Butterfly e Irréversible.