7 longas-metragens que foram gravados na Amazônia

Publicado em 5 de novembro de 2015 | Por Alberto Carvalho | Cinema, Manaus

A nossa região é conhecida mundialmente por suas belezas naturais. A riqueza da fauna e flora e a diversidade de suas florestas são um excelente ambiente para contar-se uma boa história. Por conta disso, muitos cineastas quiseram rodar seus filmes na Amazônia! Pra vocês, uma lista de alguns longas-metragens que foram gravados em terras barés:

Fitzcarraldo (1982)

Começando com um clássico de Werner Herzog, Fitzcarraldo (a pronúncia nativa de Fitzgerald) conta como o fã do tenor italiano Enrico Caruso, Brian Sweeney Fitzgerald, sonha em montar uma casa de ópera na remota cidade de Iquitos, Região do Alto Rio Amazonas. Graças a negócios improváveis, ele foi chamado de “Conquistador do Inútil”. Finalmente, consegue dinheiro de sua amante, dona do bordel da cidade, e compra um barco para encontrar uma nova rota de transporte para borracha. Com a embarcação, Fitzgerald dirige-se ao local onde quer explorar a borracha. Alucinado, transpõe morros e matas com o barco à custa de vidas humanas e muito sofrimento. O filme recebeu diversos prêmios, entre eles o de melhor diretor no Festival de Cannes de 1982, além das indicações de melhor filme em língua estrangeira no BAFTA e Globo de Ouro.

P.S.: Há uma referência Fitzcarraldo em Eu, Você e a Garota que vai morrer. Greg assiste a esse filme e faz um curta bem tosco com seu amigo Earl.

Os Heróis Trapalhões – Uma Aventura na Selva (1988)

MAPINGUA NERD - HERÓIS TRAPALHÕES

Quem passava as tardes assistindo filmes na sessão da tarde que nem eu com certeza vai lembrar desse. No filme, a trupe formada por Didi, Dedé, Mussum e Zacarias é enviada para cá com a missão de resgatar a filha do ministro do exército, que foi raptada por Rei, um maluco sedento por poder. Vale a pena conferir.

Anaconda (1996)

MAPINGUA NERD - ANACONDA

Nossa lista também contempla filmes hollywoodianos. No longa dirigido por Luis Llosa, um grupo de documentaristas entra na floresta para filmar um curta sobre a tribo Shirishama, que vive perto de Manaus. Eles conhecem Paulo Sarone (Jon Voight) que depois revela-se um insano caçador e deseja capturar viva uma sucuri gigantesca, chamada de Anaconda. Para abrigar a equipe de produção de cerca de 120 pessoas, foram alugadas casas nas proximidades do hotel Tropical. O filme também teve cenas gravadas no porto, no aeroporto e até no centro histórico de Manaus. O elenco contou com a cantora Jennifer Lopez e o rapper Ice Cube. O mais curioso foi que o ator Bruce Willis chegou a ser cogitado para viver o vilão do filme. Ele não aceitou a proposta porque estava gravando nada mais nada menos que Os Doze Macacos.

Tainá (1999)

MAPINGUA NERD - TAINÁ

É claro que também vamos mencionar um dos filmes infantis mais famosos do nosso país. Tainá – Uma aventura na Amazônia fez muito sucesso, chegando a arrecadar 3 milhões de reais em 2001 somente com bilheteria, o que para época era um grande faturamento. O filme conta a história da pequena indiazinha que ao perder o avô, torna-se guardiã da floresta e consegue salvar um pequeno macaco de cair nas garras de um traficante de animais, assim ela conhece Joninho, que está ali a contragosto. O convívio entre eles se torna difícil e Tainá resolve deixar a vila, mas Joninho planejava uma “fuga” para pregar uma peça na mãe, daí ele terá que aprender a sobreviver na floresta com Tainá. O enredo tem como centro a preservação da Amazônia, principalmente das espécies ameaçadas de extinção.

Eclipse (2002)

MAPINGUA NERD - ECLIPSE

Não, esse não é da saga Crepúsculo. Gravado por uma equipe européia e em português, o longa mostra a escritora Pia e o pintor Gil vivem às margens do Rio Negro. Numa certa noite de eclipse lunar, Pia é assassinada. Sua morte torna a vida de Gil em um mundo de sombras e tristeza, fazendo-o deixar o vilarejo e voltar para a Áustria, onde mora. Dois anos depois, Gil recebe um desenho da jovem Elsa, uma amiga pintora que mora na região amazônica, e decide retornar para cá. Ele aos poucos vai recuperando a vontade de viver. Numa ruína perto de onde Gil está, um louco monta moradia, sustentado pela caridade das freiras da região. Coincidência ou não, começam a aparecer pistas que podem levar Gil ao encontro do assassino de sua esposa.

Mensageiras da Luz – Parteiras da Amazônia (2003)

MAPINGUA NERD - PARTEIRAS DA AMAZÔNIA

Gravado no estado do Amapá, o documentário de Evaldo Mocarzel mostra o trabalho das parteiras da região. Utilizando técnicas indígenas milenares, elas ajudam no nascimento de bebês por todo o Estado. As parteiras atravessam grandes distâncias que dificultam o acesso entre as comunidades espalhadas pela selva amazônica e depois cumprem outra importante função social: fazer o cadastro de nascimentos nos povoados.

Canibais (2014)

MAPINGUA NERD - GREEN INFERNO

O filme começa nos Estados Unidos e conta, na sua maioria, com atores relativamente novos, como Sky Ferreira (a amiga da protagonista, Kaycee) e Lorenza Izzo (Justine). As duas estão na faculdade, onde há um grupo de ativistas liderados por um latino chamado Alejandro (Ariel Levy), pelo qual Justine se interessa. A protagonista, nada mais nada menos que filha de um importante das Nações Unidas, não se importava muito com direitos humanos ou ativismos até assistir a uma aula sobre mutilação feminina. A partir daí, resolve se juntar ao grupo de ativistas e acaba indo ao Peru, onde adentra a floresta Amazônica com os universitários que esperavam ir embora assim que parassem o desmatamento causado por uma companhia francesa. Bom, é um filme de terror, então obviamente o avião de volta cai e eles acabam encontrando uma tribo de: isso mesmo, canibais. Gore, muito gore, e muito nojo. A história não puxa muito pro lado do terror, aliás, parece até um documentário em alguns momentos – mas é um prato cheio (pun intended) pra quem gosta de umas partes humanas sendo estraçalhadas. Dirigido por Eli Roth, mesmo diretor de Albergue e Hemlock Grove, o filme já tem até jogo inspirado e produzido pelo mesmo.


imagens: 1 2 3 4 5 6 7

 

Sobre o Autor

Louco por filmes e apaixonado por rabanadas

Comentários