5 coisas que queremos de Animais Fantásticos e Onde Habitam

Publicado em 14 de junho de 2016 | Por Ayrton de Oliveira | Cinema

O universo mágico criado por J.K. Rowling finalmente está sendo expandido. Recentemente a peça The Cursed Child ganhou os holofotes e dividiu opiniões. No final desse ano estréia a primeira parte da trilogia Animais Fantásticos e Onda Habitam e aqui estão 5 coisas que esperamos encontrar nesse filme.


1 – O Retorno da Magia

Os primeiros filmes da saga Harry Potter são os que mais me encantam. Claro que os assisti quando criança e o primeiro contato sempre foi o mais mágico, e é justamente por isso que Animais Fantásticos não pode falhar na magia, para que assim possa encantar uma nova geração de fãs.

tumblr_o5hipu6scn1rszoo3o1_r1_500

O universo dos bruxos é sempre encantador. Coisas simples feitas com magia sempre vão ser um diferencial, como por exemplo, as cadeiras se levantando e indo para os lugares sozinhas, ou uma vassoura que varre o chão sem precisar de uma pessoa controlando. No trailer já ficamos encantados com algumas cenas, em particular a da maleta na qual é acionada uma trava contra trouxas e tudo que está lá dentro se arruma em típicas coisas que um viajante comum levaria.

2 – Mostrar um lado mágico que não foi explorado na franquia Harry Potter

Newt Scamander já é conhecido por alguns fãs e agora com o filme temos uma nova leva de personagens que devem brilhar e conquistar o público. Existe uma linha que separa muitas partes do que os filmes mostraram e o que os livros trouxeram. Nos livros, as casas de Hogwarts ganham total atenção da autora, enquanto nos filmes se limitam a Grifinória e Sonseria.

hufflepuff

O personagem principal é da casa Lufa-Lufa, uma casa que ainda não foi bem explorada na franquia HP. Nesse filme podemos esperar algumas referências à casa já que o protagonista nela se encaixou, assim trazendo para a tela uma nova perspectiva de Hogwarts.

3 – Feitiços e Referências ao Mundo Bruxo

Saímos de Londres e agora estamos em Nova Iorque, onde as culturas são diferentes mas os costumes e feitiços da comunidade bruxa devem ser parecidos. No primeiro teaser, Scamander lança um feitiço já conhecido pelo público e assim conseguiu aquecer os corações dos fãs.

tumblr_o5gpkpqBte1r5egopo3_500

Alberto Macellarius é um easter egg no trailer deixado ali de propósito, além de, é claro, a mais óbvia ligação com o os antigos filmes de Harry Potter é o nome de um sujeito chamado Alvos Dumbledore ganhando espaço logo no início do trailer.

Esperamos que o filme seja bem mais que simples referências e costumes de bruxos, queremos ver novos feitiços, novas mágicas, e tudo bem que uma referência ou outra não faça mal, desde que sua dose seja realmente necessária. O filme deve ser mágico e aproveitar o novo espaço, e também devem aproveitar o momento histórico da época, fazendo assim uma mistura dos universos, afinal agora seremos levados para fora dos muros de Hogwarts e teremos um contato direto entre trouxas e bruxos.

4 – J.K. Rowling expandido o universo

Se por um lado referências são necessárias, por outro não queremos um filme saudosista que só venha a se basear nas sombras da saga HP. Com J.K. no controle do roteiro, a maioria das ideias que estaremos vendo vieram da mente da criadora oficial da saga. A história vai ser cânone e deve criar uma nova ligação com esse universo que tem sim de se distanciar de HP quando necessário.

tumblr_o5g6f9crc01qeklrro2_500

Uma nova identidade tem de ser criada e J.K. Rowling é a melhor pessoa para fazer o equilíbrio nesse filme, levando aos fãs a experiência de se sentirem como crianças novamente, acompanhando toda a magia.

5 – Harry Potter não, Harry Potter não

Se fosse para apostar, eu apostaria dizendo que Daniel Radcliffe faria uma ponta no filme bem parecida com a de Elijah Wood em O Hobbit, reprisando o papel de Frodo. No caso de Daniel, Animais Fantásticos e Onde Habitam é um livro que as personagens do universo de Harry Potter conhecem, então o Harry poderia mostrar para seus filhos o livro, ou contar uma história, e então sumiria, voltando a aparecer somente no final da trilogia. Seria lindo.

anigif_enhanced-21896-1454605619-7

Enquanto eu lia os livros ou assistia os filmes do universo bruxo de J.K., o que mais me deixava contente era tudo em volta do protagonista, como a história de seus pais, do Snape, de Dumbledore, dos Fundadores de Hogwarts, e de todo esse universo que a J.K. poderia explorar deixando Harry Potter de lado. É claro, amaremos pra sempre essa personagem, mas sua história terminou, assim como de Ron e Hermione também.

Que esse filme possa ser independente e marcar uma nova saga de um universo verdadeiramente expandido, onde as novas personagens possam tomar a tela, e que as antigas recebam o merecido respeito mas que não tenham mais a necessidade de roubar a cena. 

Até por uma questão de respeito aos fãs e principalmente às personagens, suas histórias foram contadas e terminaram de uma maneira linda, agora é hora de conhecer mais a fundo esse universo que tanto encanta, encantou e vai encantar diversas gerações.

J.K, eu sei que você lê o Mapingua Nerd, não nos decepcione.


Deixa aí um comentário contando o que você espera de Animais Fantásticos e Onde Habitam e suas expectativas para a trilogia.

fantastic-beasts-and-where-to-find-them-8

NOX!

Sobre o Autor

"Ele é um deus, ele é um homem, ele é um fantasma, ele é um guru." Apaixonado por filmes, costumo ser o Batman nas horas vagas e San Junipero até às 00:00. Sou fascinado por Doctor Who, e queria ter uma caixa azul maior por dentro. Fora isso, já falei que amo filmes?

Comentários