#4 | Mapingua Indica

Publicado em 9 de agosto de 2015 | Por Mapingua Nerd | Mapingua Indica

Antonio II indica:

Livro – The Legend of Zelda: Hyrule Historia

Mapingua Nerd - hyrule-historia-cover

“Capa verde com detalhes que representam o Gate of Time (Portão do Tempo)”. Orgasmos contínuos em feliz solitude para todo fã da franquia possuidor de um exemplar de “Hyrule Historia” quando separa momentos do seu dia para ler e admirar a colossal quantidade de informações sobre o universo de Link & Cia contidas no livro idealizado pela Nintendo desde meados de 2009. Lançado em 2011 no Japão e em 2013 no Ocidente pela Dark Horse Comics (conhecida por sua associação com Sin City), Hyrule Historia provou que nerdice pode superar punhetagem quando suplantou “50 tons de cinza” em vendas no Amazon se tornando o Top 1 da lista de livros mais vendidos quando em seu lançamento. 

Entrevistas com os criadores da série, concept arts inéditas, informações interessantes sobre o processo criativo dos games, HQs, e a linha do tempo oficial da série… está tudo lá, para o delírio lisérgico de seus adoradores. São 248 páginas de viagens intermináveis para Hyrule com passagem de ida e volta num abrir e fechar de páginas em meio a um pomposo layout em capa dura no melhor estilo “túnica do Link” com referências em dourado a Skyward Sword.

Quer comprar o seu? AQUI.

 


 

Juçara indica:

Saga, de Brian K. Vaughan e Fiona Staples

Mapingua Nerd - saga_01

Há muitas Luas Azuis que não me surpreendia com uma HQ, sério. Saga vai além dos limites de uma estória relativamente comum. Um casal, de raças diferentes que vivem se matando, acabam por se apaixonar e ter uma filha. O que poderia ser apenas mais um Romeu e Julieta com toques apocalípticos mostra- se uma grande luta pela sobrevivência da pequena que acaba de nascer. Enfrentar os exércitos de ambos os lados que os consideram traidores, derrotar caçadores de recompensas e ainda passar por uma floresta maléfica são apenas algumas aventuras que os soldados enfrentam. Os desenhos têm um traço excepcionalmente espetacular e nenhum detalhe – nem uma sombra ! – é esquecido. 

A única reclamação que tenho é de que, até o momento, são 12 volumes que custam cerca de 50 Mapinguas cada. Quebre o porquinho e vá na Saraiva ou nos sites de sempre, compre ao menos o primeiro. Duvido que você não vá pesquisar os outros. Apesar de não ter indicação de idade, recomendo para maiores de 16 anos.

(Compre AQUI

 


 

Fernanda indica:

“Quase Nada”

Eu realmente adoro essa tirinha. O traço, as cores e o tapa na cara. Há pouco o que falar, só sentir. Acesse o blog do Fábio Moon e Gabriel Bá – 10 Pãezinhos – e, dentre várias produções incríveis, desde 2004, pare e preste atenção em “Quase Nada”. Abaixo uma prévia do que você vai encontrar por lá.

Mapingua Nerd - Quase Nada

 


 

Thiago indica: 

Daytripper, de Gabriel Bá e Fábio Moon

Mapingua Nerd - Daytripper, de Gabriel Bá e Fábio Moon

O primeiro contato que tive com os quadrinhos dos gêmeos Gabriel e Fábio foi a sensacional graphic novel Dois Irmãos. Resolvi buscar sua mais cultuada obra, Daytripper, vencedora do prêmio Eisner e a HQ brasileira que fez o maior sucesso internacional até então. Não me arrependi. Daytripper conta a história de Brás, um jornalista que escreve obituários e sonha ser escritor como seu pai. O detalhe é que Brás morre ao final de cada capítulo, cada vez de uma maneira diferente, ganhando ele próprio um obituário. O roteiro é escrito de forma primorosa, e a história é profunda, tendo me feito refletir sobre a vida, sobre os momentos que a fazem valer a pena, as pessoas que já passaram por ela e, claro, sobre a morte. Os personagens e acontecimentos foram estranhamento muito ‘familiares’ pra mim, me fazendo sempre relacioná-los a algo que aconteceu comigo ou à minha volta. A história é um pouco melancólica, depressiva, mas também tem seus momentos de puro deleite e, ao final dela, me peguei sentindo uma grande ‘paz’. Acho que assim é a vida.

A obra está com desconto no site da Saraiva. Compre AQUI


 


Sobre o Autor

Ph'nglui mglw'nafh Mapinguari R'lyeh wgah'nagl fhtagn.

Comentários